“Minha arte deu voz aos meus ouvidos.”, por Daniella Deucher

 

Daniella Verginelli Deucher uma artista plástica, nascida em São Paulo, que conheceu o mundo das artes quando o mundo exterior parou de falar ao coração. Ela ficou surda de repente aos 30 anos de idade. A dificuldade de ouvir os outros e o exterior fez com que ela criasse um universo paralelo e pessoal. Dialogar tornou-se tão doloroso que a levou ao isolamento.

Tudo o que Daniellla não conseguiu capturar pelas orelhas começou a capturar pelos olhos. Tudo foi amplificado. Objetos começaram a aparecer em seus olhos e a vitalidade das cores tornou-se fascinante, especialmente flores, sua primeira obra de arte.

No entanto, o abstracionismo melhor retratou seu mundo pessoal.

Sua tela, pintada com pastel e acrílico, reflete sua intuição coletiva através de traços fortes e pinceladas rudimentares. Anjos, portas, faixas e formas que expressam mais do que apenas a realidade.