Entre em contato conosco

Clipe

Heloisa Lucas enxerga os carmas do mundo em novo clipe

Publicado

on

 

Injustiças, preconceitos, falta de empatia e a descrença na política fizeram a cantora Heloisa Lucas perder a etiqueta e mandar o dedo do meio para toda esta situação no single “Mundo Cão”, que foi lançado hoje no YouTube.

O segundo som autoral da intérprete que roda o circuito paulistano de Jazz, R&B e Soul Music desde 2009 mostra toda força e personalidade de uma mulher que saiu de Barretos, a mais de 430 quilômetros de São Paulo, para seguir o sonho de viver da música.

 

 

Gravado no Centro Cultural Ouvidor 63, no centro da capital paulista, o curta traz mensagens fortes e atuais sobre este “Mundo Cão”, cheio de corrupção e hipocrisia. 

Heloisa Lucas é uma artista que não tem medo de se posicionar e utiliza a voz como instrumento de mudança, seja cantando coisas sobre o amor ou encorajando outras pessoas como diz em um trecho da letra do novo single: “sou mulher de força e ninguém me peita”.

 

SOBRE A ARTISTA

Formada em Letras pela Universidade Paulista (UNIP), Heloisa cantou em público pela primeira vez em 2007, durante um Sarau da faculdade. A apresentação despertou o interesse de seguir carreira profissional. Passou por algumas Escolas de Canto como, por exemplo, Ateliê da Voz de Keyla Mazzetto e pelo EM&T sob orientação de Paula Caju, mas foi cantando na noite que Heloisa amadureceu e ganhou experiência.

Em 2009, venceu o Concurso “A Mais Bela Voz de Barretos”, cantando o clássico de Zé Ramalho, “Chão de Giz”Posteriormente, formou sua primeira banda profissional, Black Bee, projeto de Soul Music que se apresentou, entre outros lugares, no aniversário de São Paulo, na cidade de Suzano e na abertura da Virada Cultural Paulista, abrindo para o cantor Ed Motta.

 

OUTROS LANÇAMENTOS

Dois anos depois, Heloisa passou a liderar o grupo Quarteto Groove, se apresentando em várias casas noturnas, como: Saravejo e Espaço Parlapatões. Em paralelo realizava trabalhos solos, cantando na Festa Os Caricato, na extinta Kitsch Club. 

Em 2015, Heloisa Lucas iniciou uma parceria com o músico e produtor Bruno Dreadfino. Em uma nova fase na carreira, Heloisa interpretou a emblemática música “Maria de Vila Matilde”, imortalizada na voz de Elza Soares. Na mesma pegada, gravou “Tears Dry On Their Own” (Amy Winehouse).

 

 

 

 

 

Idealizador e editor da Arte Brasileira. Jornalista por formação e amor. Viciadíssimo em música brasileira. Apaixonado pelo Brasil e pelos seus grandes artistas.

Continuar Lendo
Clique aqui para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2020 | Customizado por Auditore Ideias Estratégicas