Entre em contato conosco

Destaque

[ENTREVISTA] Conheça Cold, mais um brilhante jovem das batalhas de rap em Salvador

Luan FH

Publicado

on

 

Cleber Souza Nascimento Jr, mais conhecido como Cold, é um MC que batalha nas batalhas de Salvador, principalmente na BAC. Tem apenas 16 anos e vem conquistando um público por causa das batalhas, rimas agilizadas, pensadas e bem elaboradas prontas para dá um fatality a qualquer momento.

É apenas respirar e pronto, simplesmente o adversário fica sem resposta ou sem saída, ou beira à derrota ou tenta a sorte. Cold tem criado um hype a ponto de admiradores criar um desejo e apreciá-lo para expor seus sentimentos em um disco solo, em um EP. 

 

“Comecei realmente em 2017, entrei na onda de freestyle quando os manos do colégio organizavam e chamavam qualquer pessoa. Nisso fui indo, e geral começou a dizer que eu tinha jeito para rimar… Depois de várias rodas de rima na escola, conheci a “batalha da BAC”, pela primeira vez rimando em uma real roda de rima.

Me destaquei pelo fato de ter o pensamento muito além do que outros manos, a ideia que eu passava, pessoas maiores de idade maior se identificavam  — Isso me fez querer batalhar mais e mais… — Pela primeira vez, fui para fora do meu bairro e saindo como campeão no bairro de piripiri, aonde muitas pessoas ficaram espantadas pela idade e capacidade de pensar muito bem.

Na segunda que fui, foi para ribeira, lá fui campeão novamente, assim dando a esperança aos manos que tinham a vontade de fazer o mesmo, batalhar e persistir. A partir daí fui me destacando muito pela suburbana. As dificuldades que sempre vão existir, vai ser o pré-julgamento, infelizmente muito pivete monstro, com falta de oportunidades por causa de pessoas ignorantes… 

O Rap conseguiu mudar bastante não só minha vida, como a mim mesmo, me fez pensar de forma inteligente (fora da caixa) sendo que algumas pessoas acham isso errado. Acham que eu deveria mudar, mas sou o mesmo com outros olhos — Conheci pessoas más e ruins durante esse tempo todo de pista e me fez abrir muito os olhos para alguns.”

 

Luan FH – Já lançou algum som?

Cold – Sons lançados só tive um, com um dos manos da “batalha da BAC”, não foi bem o que eu esperava e desejava, mas hoje não se encontra mais disponível no Youtube, mesmo sendo um som bem foda. 

   

Luan FH – Tá pensando em um futuro EP?

Cold – Penso muito nisso, tenho pensamentos criados para todo o esquema baseado na produção.

 

Luan FH – Tem alguma inspiração ou referência?

Cold – Existem muitos nomes que acho muito importante pra mim, mas não chamo de inspiração, Froid é um dos caras que mais me ajudou sem ao menos saber da minha existência, essa também é uma das minhas metas, “mensagem geral”.

 

Luan FH – E por quê ‘Cold’?

Cold – Eu tava no Google, joguei palavras aleatórias do português para o inglês, e surgiu na pesquisa ”COLD”.

 

 

Luan FH – Você liga muito o seu trampo com alguma ideologia? Ou você tem a sua própria?

Cold – Tenho a minha própria, acho que consigo ter minha própria crítica construtiva e destrutiva sobre mim mesmo e sobre meu trampo.

  

Luan FH – Seu trampo é utilizado por você como um ato de protesto? Ou você prefere levar como algo mais leve?

Cold – Não digo “mais leve”, mas independente do estilo musical, tento passar sempre uma visão ampliada para o ouvinte, isso é muito importante, na minha opinião.

 

Luan FH – Eu vi que o seu trabalho anda sendo muito reconhecido e seu nome sendo falado por muitas pessoas, qual a sensação de ter noção desse reconhecimento?

Cold – Poxa mano, muito gratificante essa parada, me sinto feliz demais quando alguém me reconhece em alguns lugares, sabe? Isso por algum motivo me faz não querer desistir, isso me ajudou muito em meio à dificuldade. Pessoas que se inspiram em mim, saca? Me deixa com o pensamento de que o meu trampo está sendo significativo. Eu acho isso realmente lindo!

    

Luan FH – O que significa a Batalha da BAC para você?

Cold – Foi um início, hoje em dia não me vejo 100% dentro daquilo que era antes, eu prefiro não fechar totalmente com nenhum circulo de roda cultural, mas foi essencial para o que penso hoje em dia. Pessoas fodas que conheci na época, o inicio da batalha. 

 

Luan FH – Qual o seu estilo de batalha?

Cold – Gosto de um bagulho bem undergroud, boombap estralando, me dá uma energia inexplicável…

  

Luan FH – Tem alguma visão para passar?

Cold – Mano, a visão que eu sempre vou passar vai ser de corre, sempre.

Muita gente insatisfeita com seu sucesso, vai ter algo negativo para falar, só que antes de pensar no que as pessoas vão pensar da sua decisão, pense na sua própria, NADA é mais importante do que você mesmo!

 


ENTREVISTA DE LUAN FH – 20 anos, escritor e colunista, gosta do indie brasileiro e coisas antigas

 

 

 

 

 

Continuar Lendo
Clique aqui para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2017 Zox News Theme. Theme by MVP Themes, powered by WordPress.