Entre em contato conosco

Destaque

Banda Extones resgata a essência do rock clássico no EP “A Estrada”

Matheus Luzi

Publicado

on

(Capa do EP)

Siga a banda no instagram!

 

Há quem diga que o Rock’n Roll morreu, também há quem acredite que em seu estado puro quase não existiu em terras brasileiras. Entretanto, o que talvez nenhum desses dois grupos saiba, é que, em pleno 2020, uma banda do interior de São Paulo mantém o espírito do Rock Clássico mais vivo do que nunca. De Araçatuba vem a Extones com o EP “A Estrada”. 

Além do rock clássico, a banda agrega elementos de Southern Rock e até do Stoner. Segundo o vocalista, Cláudio Extone, todos os integrantes participam do processo de composição: “Vamos completar dois anos em junho desse ano e uma das coisas que têm sido bem bacana é a sinergia que temos com relação a proposta, alguém apresenta a ideia inicial e cada um vai acrescentando a sua parte e interpretação. O material final agrada a todos mesmo que, às vezes, seja completamente diferente do protótipo”, completa.

 

 

Lançado pelo Selo Curva e distribuído pela Tratore, a maior agência de distribuição de música independente do Brasil, o EP conta com 4 músicas, uma delas (“Entre a Cruz e a Estrada
) já lançada ano passado como single, também pelo Selo. Todas foram gravadas no 
TruePeak Studio, em Birigui/SP, e quem assina a produção é Alexandre Soares, idealizador do Selo Curva.

“Esse EP consolida o estilo da banda e abre as portas pro lançamento de um futuro disco cheio. É rock clássico, direto, com letras divertidas, mas que ao mesmo tempo fazem refletir, até certo ponto, né? Porque é música pra ouvir no carro, pra ouvir no churrasco”, explica Soares.

 

 

AS FAIXAS

A faixa que abre o EP é “Filho do Mundo”, com um groove cadenciado no verso que cresce até chegar em um refrão forte e intenso. Na sequência vem “Livre”, um blues rock direto com a letra cheia de referências a lugares de Araçatuba. “Forasteiro”, tem uma introdução climática e misteriosa, para em seguida cair em um riff certeiro, daqueles que quando você ouve, se pega involuntariamente dançando, mexendo a cabeça ou respondendo de qualquer forma instantaneamente. A já lançada “Entre a Cruz e a Estrada” fecha o EP com todo seu potencial de hit, tanto que já é cantada em coro nos shows da banda. 

Todas as músicas trazem esse clima estradeiro. “O nome do EP, ‘A Estrada’ deve-se ao fato dela ser o elo entre as 4 faixas. Todas citam a estrada, de formas diferentes. A princípio, pensamos em utilizar na capa do EP uma foto de uma estrada bacana qualquer, mas depois decidimos utilizar uma foto tirada por nós mesmos de uma estrada que fica perto daqui”, finaliza o vocalista.

 

(Texto da assessoria de imprensa – Selo Curva)

 

 

 

 

Idealizador e editor da Arte Brasileira. Jornalista por formação e amor. Viciadíssimo em música brasileira. Apaixonado pelo Brasil e pelos seus grandes artistas.

Continuar Lendo
Clique aqui para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2017 Zox News Theme. Theme by MVP Themes, powered by WordPress.