“A arte não é feita por máquinas”, diz artísta plástico em entrevista

 

O nome dele é Wesley D'amico, artista muito criticado pela sua ousadia. D'amico acredita ter feitos obras de artes nas menores telas do mundo. Em entrevista especial, o artista também nos conta outros detalhes de sua relação com a arte.

"Sou um mecânico, sempre fui, não fiz outra coisa a não ser viver na graxa, sou sonhador, criativo desde pequeno, sempre consertei coisas desde maquina de lavar, chuveiro, telhado, reparos em geral. Sou persistente, deveria parar com a arte a tempo, desde 2004 persisto com isso, confesso que estou quase louco. Sou avaliado e criticado por pessoas que nunca pintaram um quadro e nunca leram sobre nenhum artista.", disse Wesley D'Amico.

 

 

Abaixo, você vê na íntegra uma entrevista que fizemos com o artista.

 

 

Você diz ter feito as menores telas do mundo, e ainda pintou em telas que não pegam fogo. Como você trabalhou com isso?

Ainda não encontrei no Google quem teria feito telas desse tamanho, a maior tem 9 milímetros e a menor tem 3 milímetros, mas tem que levar em consideração que são feitas se o uso de maquinas que ampliam, isso é uma arte manual, fiz a moldura com uma serra e uma lima, usei uma lupa de 3x de zoom, não usei microscópio. Aqui no Brasil ganhei o recorde por ter feito a menor bandeira brasileira, e claro que não tem as estrelas e nem esta escrito ordem e progresso como foi dito por alguns em um site, por uma pessoa que disse que não valeria, mas é o conceito que vale, o conceito de alguém lembrar e usar algo bom para o País, para a cultura, fazer algo diferente do que ficar criticando nas mensagens.

Pintei com agulha e tinta guache, a moldura achei uma placa de alumínio no chão da oficina que trabalho e usei papal cartão para o fundo. Veja no Google, coloque menores telas ou menores pinturas, tem esculturas na agulha, e outros, mas isso é com microscópio, arte é algo com as mãos, algo com vida, algo que seja usado pelo artista, não por maquinas. Mas não tem problema ser ou não ser, Eu fiz, isso é o que conta. Fazer algo simples e diferente. Como mencionei acima sobre o titulo da menor bandeira do brasil Eu não peguei por falta de patrocínio, as pessoas riem com isso, manda Eu ir trabalhar, fala que é coisa de quem não tem o que fazer, mas vou ajuntar a grana e vou pegar os dois títulos, da menor bandeira e das menores telas do brasil.

 

E sobre o quadro que não pega fogo?

Como tudo que faço preciso chamar a atenção, não é fácil viver de arte, ainda não vivo de arte, o espirito da arte que esta em mim é muito forte, desde 2004 que não sei o que é ter lucro com arte.

Esse painel é incrível, sua imagem surgiu, pintei em forma de tiras coloridas, mas ao secar durante a noite surgiu essa imagem incrível que parece alguém criando o universo, mas minha intenção não era colocar fogo nele, porque ele é único e nunca conseguirei restaura-lo porque a tinta ficou lisa como mármore, mas algo dentro de mim dizia que poderia ser utilizado o fogo que não aconteceria nada, e assim foi.

Para fazer uma tela que não pega fogo é simples, Eu mesmo coloquei fogo em mais de 15 Quadros, e já joguei muito quadro fora, isso mesmo Amigo, ninguém quer, ninguém quer comprar, e ainda tenho que doar e pagar o frete. Coisa de louco, arte é assim, muitos morrem e nem sabe que sua arte foi vendida, outros vendem por valores incríveis. Uma vez escutei, “Não é o artista que procura a galeria, quando ele é bom, a galeria o procura”.

 

 

Você diz também que escreve sua alma nas telas...

Sim, escrevi o código da minha Arte, ou código da minha alma, Eu estava procurando algo para fazer, mas não saia, sempre fui mecânico e sempre só vi graxa, e queria algo novo para minha vida, e pedi para Deus me ajudar, e foi feito, não vi Deus, e nem falei com ele, mas sonhei com uma chama azul diante de mim e quando coloquei a mão ela não me queimou, e outros processos um pouco complicado para falar, mas foi um trabalho por alguns dias sonhando e reagindo no sonho que aprendi a escrever o código da minha arte.

 

Agora, o que achei mais incrível em você foi algo que me pareceu muito inovador. Você pegou criou uma estrutura de concreto e a desmontou com a marreta. Como surgiu essa ideia? E Como você fez isso?

Criei essa arte no papel, um rascunho, e desenhei na madeira e cortei com serra tico tico, mais ou menos 1 metro por 1 metro, fiz a caixa, colocando madeira em volta e derramei concreto, o mais difícil foi fazer a massa de concreto..
Depois de seco, com o você  mencionou acima descontruir foi a ideia em fazer algo que alguém pensaria para fazer, pois quem destruiria uma arte única? Foi ai que surgiu essa performance, queria deixar guardado os cacos, mas não tive coragem, na próxima vou guardar os cacos, quem sabe tenha mais valor.

 

Você chegou a fazer outros tipos de artes?

Somente pintura em tela, escultura de madeira e concreto, trabalhei fazendo moveis para ganhar dinheiro para fazer as telas, arte digital, usava os restos das madeiras para montar pequenas esculturas com os retalhos, foi ai que surgiu a ideia de colocar fogo, Eu já colocava fogo nos retalhos. Fiz o nome de uma cliente em prata, mandei uma foto, esta escrito na peça que parece uma mandala (Fernanda.

 

Tem alguma história interessante que envolva seu trabalho?

Tem varias...vou tentar lembrar...mas não são boas.

Precisei vender 60 telas as pressas, e não me importava com o valor,  tive uma ideia, liguei para um amigo que tinha um restaurante e ele liberou para eu colocar as telas, mas como vender 60 telas em m dia??, não tinha dinheiro para ficar pagando o frete e nem o restaurante podia deixar as telas lá, então coloquei em cada arte uma etiqueta escrito” Arte sem preço, valorize você”. As pessoas riam e se afastavam. Acho que achava que era brincadeira, um chegou a falar que me daria 1 Real por 10 telas, Eu disse: onde esta seu carro para lhe ajudar  a carregar, ele saiu rindo...paguei o frete de volta...voltei com todas as telas...((uma amiga artista plástica ajudou com as telas e levou 2 meses)).

Olha tenho outra, mas também não é boa, mas, criativa, meu pai nunca aprovou minha arte, e nunca gostou, então ele trazia peças mecânicas e colocava próximo a mina arte, o Salão e grande e dividíamos o espaço entre graxa e arte, mas a arte o incomodava e ele trazia as peças para meu lado, um dia fique furioso e joguei as peças dele por todo o salão, virou uma performance de arte e mecânica, um cliente entrou na hora que terminei o show e me disse que sou um artista...

Acho que essa é boa...

Um menino e uma menina passavam em frente a minhas artes, a menina disse: Olha é arte, o menino ficou olhando um tempão e perguntou...para que serve...a menina assustada com o tipo de pergunta lhe respondeu, para decorar sua casa...

Acho que arte nunca é para decorar, ela tem vida, historia, admiração, profundidade, algo que essa menina sabia, mas o menino nem quer saber ou nem liga.